30 de abril de 2009

Um museu emblemático

Quando eu vi a dica para esse site não consegui de deixar de pensar em duas coisas.

A primeira foi o tipo de país em que nos transformamos, onde a corrupção campeia solta. Não que isso seja exatamente novidade por estas bandas. Com a colonização cartorial e predatória da qual fomos objeto, não poderia sair daí coisa muito edificante.

Mas a cambada vem exagerando, e de muito tempo...

A segunda foi que esse tipo de página é a cara do amigo Pax e seu PolíticAética, que vem fazendo um extenso e elogiável trabalho de sistematizar as notícias referentes aos diversos tipos de corrupção que assolam o país.

E que está tocando, junto com o Pedro Dória, a comunidade de blogs Pandorama.


Dito isso, bem vindos ao Museu da Corrupção:




25 de abril de 2009

Cravos que jamais murcharão



Hoje completam-se 35 anos da Revolução dos Cravos.

Liberdade para os irmãos d'além mar, enquanto nós deste lado do oceano ainda padecíamos. O que o grande Chico Buarque retratou perfeitamente.,



Exatos cinco anos atrás, nasceu um sobrinho meu.

Prometi a mim mesmo que, com o passar dos anos, iria deixá-lo a par do que aconteceu naquele 25 de abril de tantos anos antes.

E essa é uma promessa que terei todo o gosto de cumprir.

20 de abril de 2009

Três toques

Em um feriado sanduichado, passamos apenas para tocar em temas já discutidos em outros posts.

- Os últimos dias mostraram, por atos e palavras de ambos os lados, que as relações entre os Estados Unidos e Cuba nunca mais serão as mesmas. Obama e Raul Castro se mostraram abertos ao diálogo e sem pré-condições. Bastaram alguns gestos de boa vontade por parte do governo americano (fato que havíamos previsto e desejado aqui) para que os cubanos explicitamente concordassem em tratar de qualquer tema.
Não sou cético quanto as possibilidades de sucesso nesse diálogo. Não será simples, mas é o tipo de conversa em que ambos os lados tem muito a ganhar em caso de êxito, e os dois ficarão em má situação em caso de fracasso.
Castro sabe muito bem que Obama é a melhor chance que os comunistas cubanos têm de fazer uma transição controlada (já vi acontecer isso em algum lugar...). E Obama sabe que os interesses americanos, políticos e econômicos, só tem a ganhar com a normalização de relações entre os dois países.
Volto a dizer o que falei aqui ainda no ano passado: o congresso do PC Cubano, no segundo semestre deste ano, pode ser o ponto decisivo para as mudanças na ilha. Até lá, observemos as jogadas que os dois lados farão nesse tabuleiro de xadrez...

- Em relação ao tratado no post anterior, está se confirmando o que era apenas uma suspeita: o autor do tiro que matou a universitária Nádia Brito foi mesmo um policial militar que voltava do serviço e era passageiro de uma van apedrejada por vândalos travestidos de torcedores.
Ou seja, ao que já era uma monstruosidade juntamos um retrato acabado da incompetência e despreparo das forças policiais. O que, para ser honesto, não é nenhuma novidade...

- Pra terminar, um assunto mais ameno. Todo blogueiro tem um post (às vezes mais de um...) que é para ele o que "Conceição" é para Cauby Peixoto. Em todo show do artista tem alguém pedindo que ele cante a canção que é sua marca registrada. Da mesma forma, cada blogueiro tem aquele post que todo dia é objeto de busca via Google ou similares. Aos poucos, ele se transforma no post mais visto do blog, às vezes superando outros que o autor considera mais relevantes e que foram até linkados por outros blogueiros.
Frequentemente, esses posts tem um tema em comum: mulheres. Do presente ou do passado, elas atraem uma legião de leitores. Por exemplo, o Hermenauta será para sempre grato à Leila Lopes e Heidi Klum. E este humilde escriba tinha (e tem...) uma dívida de gratidão com Cyd Charise.
Porém, de algumas semans para cá, detectei um novo campeão de procuras. Senhoras e senhores, eis a nova fada-madrinha(opa...) do De Olho: Sasha Grey e seus múltiplos atributos.
Que o Todo Poderoso a proteja.

17 de abril de 2009

Tragédia que se repete

Cerca de 10 meses atrás, escrevi esse post sobre um caso de violência envolvendo torcidas de futebol aqui na terrinha.

De lá para cá, ocorreram centenas de episódios violentos por todo o país, vários deles fatais, e sobre os quais muito já se falou (e falará). Mas aqui na província, fora os persistentes conflitos entre as gangues uniformizadas nos dias de clássicos, nada de mais sério havia ocorrido.

De repente, e exatamente em um dia em não se esperava que problemas acontecessem, eis que nova tragédia abalou a cidade.

Nádia Brito, uma universitária de 22 anos foi atingida na cabeça por uma bala perdida na saída do campus da UECE na noite de quarta-feira passada, dia 15. Ela está internada em uma UTI em estado classificado pelos médicos como desesperador.

O campus fica em uma avenida que dá acesso ao Estádio Castelão, e ao lado da saída fica uma praça conhecida pelos conflitos em dias de jogos. Tanto que a Polícia Militar normalmente desloca para lá um contingente para prevenir problemas.

Entretanto, como o jogo de quarta-feira era de uma torcida só (Fortaleza X Paraná, pela Copa do Brasil), a PM achou que não haveria problemas e não enviou seu pessoal para o local. Ocorre que ônibus e vans transportando torcedores que saiam do jogo foram apedrejados na passagem pela praça. Bem no momento em que a estudante saia ouviu-se um tiro e ela caiu ensanguentada.

A história está detalhada aqui e aqui.

Existe a versão de que um policial, que estaria em uma van, teria efetuado o disparo. O que seria o mais sórdido dos complementos para uma história totalmente trágica.


Ficam aqui minhas preces pela vida de Nádia.

Preces essas que ganham um tom ainda mais pessoal quando lembro que minha filha, quase da mesma idade, estudou por dois anos nesse campus, e tomava condução para casa nessa mesma praça.


ATUALIZAÇÃO (17/04 , 13:10) : Foi anunciada pelos médicos, pouco antes do meio-dia, a morte cerebral de Nádia.

15 de abril de 2009

Dizer o quê?

A sempre brilhante Fal achou isto aqui em algum lugar da mídia impressa.

Nem precisaria, mas vale ressaltar as primeiras frases, ou seja, o anúncio que é o coração da matéria:


"Formação de pastor a R$ 600, mestre de Bíblia a R$ 1300 e doutor em divindade a R$ 1500. Faça o curso por correspondência e tenha sua própria igreja. Em 90 dias receba o diploma e a carteirinha em casa."


Precisa dizer mais alguma coisa?

11 de abril de 2009

Tocando no banheiro

Calma. Não é isso que alguns pensaram...

Mas dêem uma olhada neste vídeo:



O ano era 1985, e o genial Buddy Guy apresentou-se no 150 Night Club do Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, com direito a tudo o que o vídeo mostra.

Incluindo um passeio pelos banheiros da casa de shows enquanto tocava Going Down...

Lembro que tive o privilégio de assistir a exibição do show poucos dias após, em TV aberta. Bons tempos...

Reassistindo agora, fica a pergunta: depois de quase 24 anos, onde andarão os espectadores deste histórico show? Se alguém se reconhecer ali, não se faça de rogado, dê sinal de vida.



P.S. Aqui estão a parte 1, parte 2 e parte 4 do mesmo show.

2 de abril de 2009