29 de maio de 2008

Constatação

E eu achava que era só uma piada...

Desde a época em que morei em São Paulo (sim, caro leitor, eu sou um dos nordestinos que viveu uns tempos em Sampa) eu escutava essa história em tom de galhofa, especialmente nas épocas de enchentes ou de grandes engarrafamentos.

Mas agora aquele patrimônio ético da política brasileira chamado Paulo Salim Maluf resolveu tornar aquilo em proposta eleitoral:

Maluf diz que vai construir laje sobre rios Tietê e Pinheiros

Depois o Zé Simão diz que esse é o país da piada pronta e tem gente que duvida...

26 de maio de 2008

Cem vezes de olho

Esse é o 100º post do "De Olho no Fato".

Não sei dizer se chegou rápido ou devagar, para um blog que é tocado com um nível de stress quase nulo e em menos de 1 ano e cinco meses. Mas chegou, e talvez seja hora de olhar pra trás e relembrar o que aconteceu nesse período.

O principal é que, aos poucos, vem se formando uma pequenina (como diria o Hermê, uns 4,5 leitores) porém fiel audiência, espalhada especialmente pelo Brasil, mas com representantes em alguns outros países. Além dela, temos os amigos comentaristas de outros blogs que passam por aqui de vez em quando. A todos, obrigado pela honra.

Prometo tentar ser menos desleixado com a atualização e mais diversificado nos temas.

Festivais de cinema e suas premiações

Pois é, a (ainda) pouco conhecida atriz brasileira Sandra Corveloni ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes pelo filme "Linha de Passe", de Walter Salles.

Muito legal, apesar de quase ninguém já ter visto o filme e poder dizer alguma coisa.

Por falar em premiações, quando "Tropa de Elite" ganhou o Urso de Ouro no festival de Berlim, o jornal O Povo publicou esta charge, de autoria de Clayton, seu principal chargista:



Brilhante.

22 de maio de 2008

Quanta diferença...

Vejam a diferença entre a TV convencional e a de Alta Definição:



Do Christian Science Monitor, via o ótimo Tiago Dória.

21 de maio de 2008

O terremoto que não senti

A primeira impressão é de que aquele meu colega de trabalho estava brincando ou endoidando. Afinal de contas, ele entrou na nossa sala hoje, aproximadamente às 16:15h, e perguntou:

- Vocês sentiram o prédio balançar?

E eu não havia sentido absolutamente nada...

Deixa eu situar um pouco as coisas. Sou empregado em uma empresa pública, e atualmente presto serviços na área de engenharia. Trabalho no segundo andar de um prédio antigo de três andares no centro de Fortaleza, o qual está sofrendo algumas reformas. Suponho que a intenção do meu colega, que trabalha numa sala quase vizinha era, ao mesmo tempo, tirar uma dúvida sobre se o abalo havia realmente ocorrido e questionar nossa área se as obras de reforma não eram as responsáveis.

A primeira reação minha e de outros colegas foi quase de gozação, afinal ninguém havia sentido nada. Aliás, ninguém é exagero: dois estagiários disseram ter sentido alguma coisa, mas não levamos muito a sério (afinal de contas, eles são estagiários...).

O problema é que começamos a receber telefonemas de outros setores com o mesmo tipo de questionamento. Sabíamos que não havia nada de errado com o prédio, e como os jornais noticiaram que na véspera haviam ocorrido tremores de terra em Sobral, meu chefe pediu que eu ligasse para nosso pessoal naquela cidade, por desencargo de consciência. A resposta que recebi foi curta e grossa:

- Olha, acabou de ocorrer um tremor de terra bastante forte aqui.

Sobral fica a uns 150km em linha reta de Fortaleza, e eu sabia que só um tremor considerável poderia ser sentido a essa distância. O da véspera havia sido de 3,3 graus na escala Richter, logo esse deveria ter sido mais forte. Bastou ligar o rádio para descobrir que ele fora sentido em diversos bairros da cidade, especialmente nos prédios mais altos. Mas nós estávamos em um prédio relativamente baixo, e porque alguns de nós haviam sentido e outros não?

Para mim, pessoalmente, era a repetição de uma situação vivida quase 30 anos atrás. Naquela época eu cursava a última série do 2º grau à noite e chagava em casa literalmente arriado de cansaço. Era só deitar e dormir pesado. Pois bem, uma certa manhã acordei e dei de cara com minha mãe perguntando:

- Você não sentiu nada essa noite?

Pra resumir, havia ocorrido durante a noite um tremor de 5,2 graus de intensidade e epicentro nos arredores da cidade. Ela havia me chamado, até sacolejado minha rede (é, eu dormia numa rede...) e eu nada de acordar. Foi um tremor daqueles indiscutíveis, todo mundo na cidade sentiu, menos os que estavam mortos ou tinham o sono pra lá de pesado. O meu caso era um misto dos dois. Fui motivo de brincadeiras dos colegas e parentes por algum tempo, até eles esquecerem. Pois bem, outro tremor ocorreu e eu, de novo, não senti nada.

Afinal de contas, será essa a minha sina? As coisas tremem ao meu redor e eu nunca sinto nada? Pelo menos dessa vez o tremor foi menor (4,3 graus) e o epicentro mais distante, o que fez com que a maior parte dos moradores de Fortaleza também não sentissem.

Mas que eu estou invocado com essa história, ah, isso estou !!!


19 de maio de 2008

Obamatopia

Ok. Este blog sempre foi (e continuará sendo) pró-Obama.

Mas não dá pra perder a piada.

O vídeo é em inglês e sem legendas, mas vale o esforço...

17 de maio de 2008

Blade Runner vai às Olimpíadas


Posso estar enganado, mas a decisão de ontem da Corte Arbitral do Esporte liberando o atleta sul-africano Oscar Pistorius, amputado das duas pernas, para competir contra atletas sem deficiências físicas tem tudo para ser um daqueles momentos de mudança decisiva na história do esporte.

A Corte, com sua decisão, trás o assunto para a linha de frente, forçando todos os interessados a se posicionar. Afinal, as próteses super-modernas dão alguma vantagem ao atleta amputado? Ou os problemas que ele ainda enfrenta o deixam em desvantagem? Daqui até o início das Olimpíadas o assunto (profundamente técnico) vai pegar fogo.

Mas uma coisa é certa: os portadores de deficiências ganharam, ao mesmo tempo, um ídolo e um símbolo. O qual a imprensa internacional já batizou: Blade Runner.

15 de maio de 2008

Cearenses do mundo, abram o olho !!!

(Esse texto não é inédito, circula por e-mail e em dezenas de sites, mas mesmo assim lá vai...)

Quando os cearenses dominarem o mundo

Todo mundo sabe que os cearenses estão por toda parte. Em geral, o cearense é aquele sujeito baixinho que é o guardador de carro em São Paulo, o chefe de um restaurante na Madison em Nova York, o designer que bolou o logo da Eurocopa em Portugal, ou mesmo um borracheiro no interior da China. O que pouca gente sabe é que, na verdade, isso é uma bem arquitetada jogada que visa a plantar gente nossa em postos-chave da administração mundial. Quando estivermos prontos, será deflagrada a grande tomada de poder e meu conselho é que você fique imediatamente amigo ou amante de um cearense, pois sabe como é: pros amigos tudo, para os inimigos, a lei!

Tomaremos o poder a partir de uma senha pré-estabelecida, que só um cearense saberá o significado oculto. Aos berros de "Queima Raparigal!" as hostes de cabeças-chatas invadirão os parlamentos e palácios, além de todos os jornais e redes de TV do mundo livre.

Ninguém desconfiaria que Francisco das Chagas, humilde faxineiro da CNN (futura afiliada da TV Diário), na verdade, é um professor do ITA que rapidamente conectará a rede de Atlanta para nossos propósitos. Invadiremos e tomaremos o Estado de Pernambuco, vamos dinamitar a nossa refinaria que eles roubaram e vamos construir outra lá no Pecém; também vamos extinguir os times do Náutico, Santa Cruz e Sport Recife.

Elegeremos um papa cearense, Raimundo I, que canonizará Padre Cícero e determinará que, daí por diante, em todas as igrejas católicas a hóstia seja feita com macaxeira, farinha, rapadura, alternadamente ou os três ingredientes juntos. O vinho será uma cachacinha de primeira misturada com "Q-SUCO" de uva. Essa simples bula papal fará com que a economia do Ceará dê um salto. O único problema é achar uma mitra que caiba na cabeça chata do papa, mas nós cearenses sabemos improvisar: Raimundo I usará uma fronha de travesseiro enquanto se encomenda outra.

A literatura de cordel ganhará status de arte maior e Clodoaldo Mastrúcio ganhará o Nobel de Literatura com seu livrinho "A moça que engravidou do cavalo e a besta da sua mãe".

Nas artes plásticas, as garrafinhas com areia colorida, os quadros de Xico da Silva e as esculturas de Zé Pinto irão ocupar alas e alas do Louvre. Para arranjar espaço, todas aquelas velharias do Turner vão para o museu de Aracati. A Monalisa fica, pois na avaliação de Serotônio Macêdo, novo curador do museu, ela é uma "cabôca danada de aprumada".

O novo Secretário Geral da ONU será Seu Lunga, que resolverá o conflito Israel/Palestina doando vastas extensões do sertão cearense pros brigões. A ata de doação será concisa e formal. Nas suas palavras: "Magote de fio d'uma égua, bando de mulambeiros, a terra é seca do mesmo jeito e o mar é da mesma cor. Deixem de botar boneco que vocês nem vão notar a diferença e o Ceará ainda é maior que aquela tripinha de Gaza".

A famigerada música cearense tomará o mundo. Numa revanche histórica, as aberturas das novelas globais terão como trilha sonora os seguintes temas: novela das 06h, Belchior, das 07h, Raimundo Fagner, das 08h, Aviões do Forró. Vamos aperfeiçoar o Oscar. Bolaremos uma categoria que premiará o melhor filme de cangaço, melhor cena de amor numa jangada e melhor mocotó.

O cruzamento mais famoso do Brasil não mais será "Ipiranga com Avenida São João" e sim Barão do Rio Branco com Liberato Barroso. O jornal do 10 será transmitido para todo o mundo com a seguinte noticia:* O rodeio será substituído pela vaquejada; Coca-cola pela água de côco; Garota de Ipanema por Garota da Barra do Ceará; Praia de Copacabana por Praia do Futuro; Fla x Flu por Ceará e Fortaleza, Real Madrid por Ferroviário; Central Park por Parque do Cocó; As torres gêmeas, que já foram destruídas mesmo, por Palácio
do Progresso; As melhores faculdades européias pelo Liceu do Ceará; Demitiremos Gugu Liberato e Faustão e colocaremos em seus lugares João Inácio Jr. e Ênio Carlos; Roberto Carlos por Babau do Pandeiro; Funk por Xaxado; Disneylândia por Beach Park; Av. Paulista por Bezerra de Menezes; Canecão por Siará Hall (na Washington Soares é show); Escolas de samba por quadrilhas juninas; Chiclete com banana por Mastruz com Leite.

Colocaremos alguns cearenses nas presidências dos principais países como: França: Cid Gomes; Cuba: Inácio Arruda; Argentina: Débora Soft (ela é burra mesmo e eu quero mais é que a Argentina se exploda). A primeira ministra da Inglaterra será Patrícia Gomes. A capital do Brasil será Fortaleza. A capital do mundo ainda será Nova York, mas a gente vai rebatizá-la de Nova Quixeramobim e vamos trocar aquela estátua cafona por uma enorme estátua da Índia de Iracema. Yeah! Não vejo como o plano possa falhar, pois cada vez mais nossos agentes se espalham pelo Brasil e pelo mundo todo. Só nos resta esperar, de preferência no fundo de uma rede, enquanto as engrenagens giram por si. Adeus e até a vitória!

Como sou modesto, quero para mim apenas um título de nobreza e umas terras anexas, de preferência o município de Caucaia que é vizinho da capital e tem belas praias.

Saudações cearenses!!!
E que nosso Padim Pade Ciço teja com todos nós!!!!!

(Autor desconhecido)


Calma, isso é só uma brincadeira.

Ou não?

14 de maio de 2008

E a Marina saiu...

No episódio da demissão da ministra Marina Silva, peço licença para reproduzir um bonito texto do amigo Pax, comentarista do blog do PD, o qual subscrevo integralmente:

Marina, morena, o meio ambiente perdeu uma voz que já tinha perdido eco – lógico

Meu Lula gostava dela lá, fingia que sim. Podia mostrar a mulher doente e poluída pelo mercúrio do garimpo, podia dizer que com isso dava mostras do que não se queria mostrar, que o Meio Ambiente não é, nem nunca foi, prioridade alguma para o governo do meu Lula e de todos os governos passados.

Mas tava lá, a Marina, morena, poluída, batalhando em cima da causa perdida e acalmando esses eco-chatos que só querem atravancar o progresso e impedir que se ladrilhe de vez toda essas selvas que só produzem mosquitos e dão abrigo a vagabundos índios que não querem ter crachá e bater cartão de ponto.

Marina, morena, poluída e fraca, fazia o papel que meu Lula queria. Todo mundo batia e Marina tava lá, aparecia na televisão, falava pros gringos, mostrava que não era bem assim o que realmente era bem assim.

Vencemos Marina, morena, poluída, fraca, batida e escorraçada. Vencemos. Afinal, aquecer é melhor que esfriar, fazendeiro paga propina e índio não.

Agora precisamos achar outro fraco pra bater. Marina morena se foi. E o eco, lógico, também.

9 de maio de 2008

Bando de invasores paralisa Universidade

Eu já toquei no assunto no post anterior, mas como a situação agravou-se é necessário tocar novamente no tema.

O bando de invasores que está ocupando parte do Campus do Pici da Universidade Federal do Ceará (UFC) conseguiu algo muito sério: obrigou a direção da Universidade a paralisar todas as atividades do campus.

Isso está ocorrendo como resultado da total inércia das autoridades constituídas do Estado, mesmo já tendo sido emitida uma ordem judicial para a desocupação da área ocupada.

Tive o desprazer de assistir a uma entrevista dada por um oficial da Polícia Militar, da unidade que é preparada para lidar com distúrbios civis, em que o mesmo se desdobrou em desculpas para a ordem judicial ainda não ter sido cumprida, argumentando que precisavam de planejamento, preparação, etc.

Reparem: a ordem judicial foi emitida dia 25/04. Ou seja, hoje completam-se 15 dias. Que raios de força policial é essa que precisa de tanto tempo de preparação para cumprir uma ordem judicial? Quantas vezes não vimos a diligência dessa mesma força para proteger os interesses de grupos privados? Por acaso a mais importante instituição de ensino do Estado não merece a mesma consideração, ou uma ainda maior?

Parece que o que eu disse no outro post não é apenas boato: ordens superiores foram dadas para que a PM se mantivesse afastada de conflitos sociais, especialmente em um ano eleitoral. É a capitulação do poder público frente a grupelhos organizados e que pretensamente defendem direitos de parcelas da população. Pretensamente porque está provado que a invasão foi arquitetada por uma verdadeira máfia que vive de aproveitar-se da miséria alheia, tanto financeiramente como politicamente.

Tendo em vista que muitos governantes só sabem atuar sobre pressão, peço que se possível esse assunto seja disseminado na Web sob qualquer forma e que as autoridades do Estado do Ceará saibam que sua inércia não vai ficar esquecida.

A comunidade acadêmica cearense em especial e a população do estado como um todo agradecem.


ATUALIZAÇÃO (10/05 , 15:30h) : Finalmente, na manhã de hoje as forças policiais executaram a ordem de desocupaçao do campus da UFC, felizmente sem incidentes.

7 de maio de 2008

Passeando pelos fatos

Hora de dar uns pitacos em alguns temas:

- Pra mim, Barack Obama já ganhou a indicação democrata para a eleição presidencial americana. Hillary pode espernear, sofismar, tentar trazer de volta a discussão sobre Flórida e Michigan, tentar o que quiser, porém o jogo está decidido. Agora é focar em McCain e suas assustadoras idéias, e procurar não deixar espaço para a máquina de maldades republicana.

- Quase inacreditável a absolvição do fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura, acusado de mandar matar a freira americana Dorothy Stang, especialmente por se tratar da repetição obrigatória de um julgamento onde ele já havia sido condenado a uma pena de 30 anos de prisão (daí a repetição do julgamento). Eu disse "quase" porque o histórico policial e judicial das questões envolvendo terras na Amazônia, e especialmente no Pará, não é nada animador. Eldorado dos Carajás, por exemplo: ninguém está preso, 12 anos após o massacre.

- Elogiável a reação da ministra Dilma Rousseff à inaceitável falta de educação do Senador José Agripino quando de um depoimento da ministra no Senado. Posso não concordar com várias posições desse governo, e até tenho restrições à atuação da ministra, porém o episódio mostra bem que são os líderes da atual oposição, especialmente do DEM. Além disso, é sempre salutar lembrar de que lado estavam as pessoas durante os anos negros da ditadura.

- Pra terminar, um tema mais local, mas nem tanto. Hoje (07/05) completam-se doze dias que parte do Campus do Pici, da Universidade Federal do Ceará, foi ocupada por um grupo de sem-teto. Aliás, chamá-los de sem-teto é um exagero e injusto com com grupos sérios que lutam na questão da moradia. Na realidade, o campus foi invadido por uma verdadeira gangue que rotineiramente (e especialmente em anos eleitorais) realiza esse tipo de ação. De sem-teto eles não tem nada, o único objetivo é forçar os poderes públicos a negociar e daí arrancar vantagens na forma de moradias populares, as quais são frequentemente vendidas.
Nesse caso específico, a UFC conseguiu rapidamente um mandato de reintegração de posse, porém a Polícia Federal e a Polícia Militar até agora nada fizeram para recuperar o patrimônio público, que desde a invasão vem sendo sistematicamente depredado. As aulas na área do campus que não foi invadida continuam a acontecer mesmo precariamente, porém a insegurança é total, com assaltos aos alunos em plena luz do dia e as cantinas sendo obrigadas a fechar.
O pior é que corre o boato de que a PM recebeu ordens superiores para não se envolver em "questões sociais". Se for verdade (e parece ser), a que ponto chegamos...

3 de maio de 2008

Hoje, a alegria é vermelha

Quem costuma passar por esse espaço sabe da minha paixão futebolística, dividida igualmente entre o Fortaleza e o Santos.

Bem, em proporção muito menor porém não microscópica vem a admiração e o bem-querer por um clube lá na Inglaterra. Nessa época de grandeza dos principais clubes da terra da Rainha (Manchester, Chelsea, Arsenal, Liverpool, etc.) cumpre-me informar que o objeto de minha torcida é um clube que é todo tradição, sofrimento e, até historicamente, luta.

Falo do Nottingham Forest, que exatamente hoje conseguiu o acesso de volta à 2ª Divisão inglesa.

Os Reds certamente tornaram a Floresta de Sherwood um lugar alegre, de novo. E ameaçador para os super-milionários do futebol mundial.


ATUALIZAÇÃO (04/05 , 18:10h) : Fortaleza Bi-Campeão Cearense, 4X2 no Icasa.
É, a fase está sensacional...